quinta-feira, 26 de junho de 2014

Stephen Frears - The Queen


The Queen
Diretor: Stephen Frears
Elenco: Helen Mirren, Michael Sheen, James Cormwell...
País: Reino Unido, França e Itália.
Ano: 2006

O filme A Rainha conta a história de uma das épocas na qual os olhos do mundo estiveram voltados ao trono da Rainha Elizabeth II, e talvez a mais triste de todas: a morte da Princesa Daiana, ou Princesa do Povo como ainda é conhecida mesmo após 17 anos de sua partida. 
Elizabeth II e seu marido Filipe não conseguem entender o porque de manifestações tão calorosas e dramáticas por conta da morte de uma plebéia que nem mais fazia parte da Família Real e é nesse cenário que Tony Blair, Primeiro Ministro recém eleito da Inglaterra, decide insistentemente convencer a Rainha a entrar no luto que o povo participava, pois a mesma juntamente com sua família partira para a Escócia, a fim de gozar suas férias. 

O que mais me surpreendeu ao longo do filme foi observar os modos de se portar da Monarquia Inglesa. Há toda aquela tradição e frieza que aos olhos da Rainha não poderiam ser quebrados mesmo na situação delicada que todo o Reino estava passando. 
Além disso, a eleição de Tony Blair causou na época um certo rumor de que o Trono estava prestes a se modernizar, o que ameaçou Elizabeth II. 


Em relação a morte da Princesa Daiana, fica explicito ainda hoje o preço da fama, se posso dizer assim. Assim como diversos artistas que perdem sua vida privada por serem rodeados por fotógrafos e repórteres, Daiana pagou um preço ainda maior do que ser simplesmente atordoada - o preço da morte ocasionado após um grave acidente de carro enquanto era perseguida por vários fotógrafos após sua saída de um restaurante onde estava acompanhada. 
Há quem diga ainda hoje que a imprensa foi um dos principais culpados da morte de Daiana.

Com medo de um possível fim da Monarquia pelo início de um descontentamento do Povo, a Rainha Elizabeth II decide se manifestar publicamente e demonstrar seus sentimentos de tristeza - embora há quem julgue que as palavras da mesma não foram sinceras - em uma transmissão para a TV. Assim, depois de um tempo, os ânimos se acalmaram e vemos até hoje que a Rainha continua sendo muito querida pelo mundo todo. 

Gostei muito do filme. Recomendo a todos quantos se interessam por História e também Política, já que o fato ocasionou a discussão de uma possível queda da Monarquia e acensão da República no Reino Unido. O que ainda não aconteceu. 



Tiago Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário