sábado, 24 de agosto de 2013

Médicos Estrangeiros no Brasil

Escrevi esse e-mail para o meu irmão para mostrar a ele minha opinião após assistir a uma reportagem sobre a chegada de médicos estrangeiros ao Brasil e os Expedicionários da Saúde. Antes de enviar, acabei vendo que escrevi de tal forma que parecia uma postagem opinativa.
Então decidi colar aqui no blog para registrar.

imagem: Google Imagens/Reprodução
"Oi mano!

No Jornal da Band, passou uma reportagem sobre a chegada de diversos médicos estrangeiros ao Brasil para atenderem a, principalmente, cidades pequenas e menos favorecidas.

Logo em seguida passou uma reportagem especial, que acho que fazia parte de uma série que foi exibida durante a semana, sobre os Expedicionários da Saúde. Tratam-se de médicos brasileiros que fazem uma ação social na Amazônia. Mostrou eles cuidando da população amazonense, fazendo operações e outras coisas. 

O que mais me chamou a atenção, é que nas duas reportagens foi ressaltado que tais lugares estavam sem atenção, pois os médicos brasileiros se recusam a ir trabalhar nessas comunidades desvalorizadas.* 

Isso me leva a conclusão de que esse programa do Mais Saúde (corrigindo aqui, o nome do programa é Mais Médicos) é uma ótima ideia, pois, se não fizessem isso, o que seria dos moradores desses lugares tão distantes do Brasil?

Os médicos estrangeiros vão atuar mais nas regiões Norte e Nordeste do País."


* Na verdade, foi ressaltado que essas regiões são na maioria recusadas pelos médicos brasileiros, pela falta de estrutura e condições. Isso não significa de nenhuma maneira que a causa é por conta dos médicos.  

Tiago Vieira.


2 comentários:

  1. Sim, Tiago, tem os dois lados. A falta de estrutura parece ser um motivo que espanta os médicos nacionais dessas regiões mais carentes. O governo não fala muito de investimentos nessa parte. O foco está no médico agora.
    Mudando um pouco de foco, o que não concordo são com as vaias que os médicos nacionais estão recebendo os médicos cubanos nos aeroportos. Eles receberam convite do governo brasileiro para trabalhar e aceitaram. Não tem culpa de nada que está acontecendo aqui. Se os médicos nacionais não concordam devem correr atrás do direito deles junto ao governo e não desrespeitar os profissionais que estão chegando pra ajudar. Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo.
      Fico feliz pelos médicos estrangeiros terem aceitado essa missão e virem prestar seus serviços nas áreas necessitadas de saúde pública aqui no Brasil.

      Excluir